-------------------- AFLUENTES  DO  RIO  DÃO ---------------------

O Rio Dão tem diversos afluentes; penso que o primeiro é na sua margem direita; o Ribeiro de Dornelas que alem mais, antiga fornecia agua ao Lagar de Azeite do Doutor Varela de Dornelas.

O segundo na sua margem esquerda; pé o Ribeiro de Forninhos, que além do mais ,antigamente fornecia água ao Lagar de Azeite do Luizinho Fernandes e do mesmo Açude, também fornecia água ao Moinho de cereais, situado na sua margem esquerda, também pertencente a Forninhos. O terceiro é o Ribeiro da Serva, que além do mais; antigamente fornecia água ao Lagar de Azeite e a um ou dois Moinhos de cereais em Forninhos, e vai desaguar na margem esquerda do Rio Dão , na área da Quinta da Ponte, entre o lameiro do Bandufe e o lameiro das Varzeas.

O quarto é o Ribeiro das Rojeiras ou de (Penalva), que é nome do lacal onde ele nasce; além do mais, na área da Dona Feira, fornecia água ao moinho dos Casimiros do Boco e vai desaguar na margem direita do Rio Dão ,onde terminam pão os lameiros regados pelo Açude dos segundos Alões.O quinto é o Ribeiro do Boco, que nasce na direção da Vacaria e vai desaguar na margem direita do Rio Dão, a cerca de três quilómetros, a baixo donde desagua o Ribeiro das rojeiras. O sexto é Rio Carpito, que nasce na povoação de Carpito, donde deriva o seu nome, e recebe um afluente na povoação da Matança. Este Rio, antigamente também fornecia água ao Lagar de Azeite da Matela Velha e vai desaguar ao Rio Dão, na sua margem esquerda,Onde eisiste ou eisistia uma uma pequena povoação chamada Rio;considerada a Terra dos Moleiros, porque todas as famílias tinham Moinho e tinham fregueses em todas as Povoações da sua periferia.Entre esta povoação e a Ponte de Fajilde,não sei se terá mais algum afluente. (Assim do meu conhecimento).O sétimo é o Ribeiro que desagua na sua margem esquerda, muito próximo da Ponte de Fajilde e penso que também tem o mesmo nome. O oitavo,é um pouco abaixo desta Ponte, mas na margem direita; é onde desagua o Rio Coa.O nono, (e o ultimo que eu conheço) é o Ribeiro que desagua na sua margem direita, próximo das Pontes da Auto Estrada, entre Mangualde e Viseu.

31/ 3/ 2015

J. C. C.